PROS e PMB do Paraná já trabalham pré-candidaturas para eleição de outubro

0
25

No dia 19 de março, lideranças representando diversas regiões do Paraná reuniram-se em Curitiba com o presidente estadual do Partido Republicano da Ordem Social (PROS), deputado federal Toninho Wandscheer e o presidente do Partido da Mulher Brasileira (PMB) do Paraná, o suplente de deputado estadual Alisson Wandscheer. A reunião contou com a participação de pré-candidatos a deputado estadual e federal e integrantes dos dois partidos. De acordo com a legislação eleitoral, os partidos políticos devem oficializar as candidaturas em convenções com seus filiados entre julho e agosto.
A eleição é em outubro, e o registro oficial dos candidatos é só pode ser realizado em agosto. Mas a movimentação de políticos e partidos já é forte em torno de nomes que serão candidatos. Para o presidente do PROS, deputado Toninho Wandscheer, o partido está crescendo no estado e esse cenário deve se consolidar no resultado dessa eleição. “Estamos buscando a construção de um país melhor, para isso estamos nos dedicando para a composição de uma chapa e forte e qualificada. Ainda temos prazo para oficializar as pré-candidaturas, mas a nossa previsão é apresentar uma chapa com no mínimo 20 candidatos com representação de norte a sul do Paraná”, destacou o deputado Toninho.
O presidente do PMB e pré-candidato a deputado estadual, Alisson Wandscheer explicou que essa reunião é marco de uma série de reuniões que serão realizadas com o grupo que está disposto a concorrer no pleito de outubro. “Esse é apenas o marco oficial, porque essa organização está acontecendo desde 2017. Estamos visitando os municípios do Paraná e nos reunindo com a comunidade e as lideranças para construir uma chapa com pessoas honestas e qualificadas, realmente comprometidas com as demandas dos paranaenses”, enfatizou Alisson.
O calendário eleitoral tem prazos a serem observados por candidatos, partidos, eleitores e pela própria Justiça Eleitoral. A disputa ocorrerá no dia 7 de outubro, em primeiro turno, e no dia 28 de outubro, nos casos de segundo turno. O dia 7 de abril é a data limite para filiação partidária e registro de partidos. No dia 5 de julho, os políticos com vistas à indicação de seu nome pelo partido podem começar a fazer propaganda intrapartidária.

Fonte: Assessoria de Comunicação

 

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here