Prefeitura de Pato Branco anuncia medidas para enfrentamento ao coronavírus

0
14

Ações, estabelecidas no Decreto Nº 8.631/2020, foram anunciadas nesta terça-feira (17), em coletiva de imprensa

O prefeito de Pato Branco, Augustinho Zucchi, anunciou na manhã desta terça-feira (17), em coletiva de imprensa, no gabinete municipal, o Decreto Nº 8.631/2020, que apresenta as medidas de contingência do Coronavírus (Covid-19), que serão adotadas pelo Município, a partir da sua publicação oficial, em 18 de março.

De acordo com o prefeito, as medidas que foram definidas pela Prefeitura de Pato Branco, são baseadas nas recomendações do Ministério da Saúde, da Secretaria Estadual de Saúde e da equipe da Secretaria Municipal de Saúde. “O decreto estabelece restrições com relação a eventos públicos de qualquer natureza, eventos sociais, eventos esportivos e eventos culturais, estes estarão suspensos pelo período de 15 dias.”

As aulas nas escolas da rede pública municipal de ensino (1º ao 5º ano) estarão suspensas a partir de 20 de março. Já as atividades nos Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIS), neste momento, não serão suspensas e terão regulamentação diversa em Portaria expedida pela Secretaria Municipal de Educação.
A secretária municipal de Saúde, Márcia Fernandes de Carvalho, disse que, a partir de segunda-feira (23), os agendamentos nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) e na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) serão suspensos, assim como as cirurgias eletivas, priorizando apenas casos de emergência. O prazo de vencimento das receitas de remédios de uso contínuo e psicotrópicos será prorrogado por 90 dias, bem como, o número de leitos nos hospitais de Pato Branco serão ampliados: cada unidade hospitalar receberá mais dez leitos cada, bem como a UPA terá mais seis, totalizando 36 leitos.

Conforme a secretária, Pato Branco não possui nenhum caso confirmado de Covid-19, no entanto, é necessário tomar todas as medidas preventivas. “É uma pandemia e em algum momento poderá chegar até nós. As pessoas idosas, em especial, devem evitar sair de casa e, utilizar o transporte coletivo, apenas em casos urgentes. É preciso a consciência de todos, pois não adianta o poder público tomar atitudes, se a população não se disponibilizar a aceitar e cumprir essas medidas. A comunidade é parte primordial desse processo”, ressaltou Márcia.

O Decreto Nº 8.631/2020 poderá ser prorrogado ou sofrer alterações quando se julgar necessário, seguindo a prioridade da administração municipal, que é a saúde de toda a população. O decreto pode ser conferido na íntegra, neste link: https://bit.ly/2Qpqo7p

Fotos: Assessoria de Comunicação Prefeitura Municipal de Pato Branco/Rodinei Santos

Departamento de Imprensa do Município de Pato Branco

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here