ORGANIZAÇÃO BRASILEIRA DOS PEDAGOGOS-OBP ENTREVISTA COORDENADORA GERAL DO FÓRUM MUNDIAL DE EDUCAÇÃO, QUE FALOU AO VIVO, DIRETO DO JAPÃO

0
37

Com participação gratuita, evento ocorrerá em plataforma on-line dia 22 a 27 de junho de 2020.

A OBP, que tem no palmense Rodrigo Kohl Ribeiro um dos cargos da coordenação geral, realizou dia 3 de junho, quarta-feira, uma transmissão ao vivo com a coordenadora geral do Fórum Mundial de Educação, pedagoga Sandra Mi, a qual deu a entrevista direto do Japão. Participaram da transmissão o pedagogo Jean Carlos Lobato, presidente da Associação dos Pedagogos do Estado do Pará, também coordenador geral da OBP, a consultora digital e Educadora Financeira Ana Pregardier, de Porto Alegre e o próprio Ribeiro.
Falando “do futuro”, uma brincadeira com relação a no Japão já ser dia 4 de junho, 7 horas da manhã, enquanto no Brasil ainda eram 19 horas do dia 3 de junho, Sandra Mi disse que o FME vem com o propósito unir as várias experiências ao redor do mundo, de forma on-line, através de painelistas e palestrantes, a fim de debater a educação nos tempos atuais, em que se faz tão necessária a humanização dos profissionais da pedagogia e comunidade escolar a respeito da utilização da tecnologia nos planejamentos curriculares e avaliação escolar. “O Fórum Mundial de Educação vai iniciar dia 22 de junho com painéis temáticos diários, durante cinco dias, tendo como objetivo principal uma realizar um panorama global para soluções pontuais, ou seja, a leitura do novo para a Educação.”, diz. Segundo Sandra Mi, antes nós falávamos sobre utilização da tecnologia, mas agora temos que viver. “Até mesmo profissionais que vivenciavam o sistema escolar comum, saíram deste processo e vivenciaram a desescolarização. Agora, por conta da pandemia, a área educacional teve uma reviravolta impressionante, exigindo que se adapte a estas mudanças”, finaliza.

Para maiores informações, o leitor pode consultar a fanpage https://www.facebook.com/foronedmund/. Conforme o informado, a inscrição no Fórum Mundial de Educação é gratuita e pode ser feita através do link https://bit.ly/3bVzfWm.

Por Jocemar Ferreira da Silva
para o Jornal Destaque Regional

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here