Mãe de criança picada por aranha protesta no PAM e segurança, em vez de acolher a usuária, a manda “baixar a voz”

0
54

O fato ocorreu na tarde da última segunda feira, no PAM, em Palmas. Com o filho nos braços, uma mãe, usuária do SUS que esperava por mais de três horas pelo atendimento, protesta aos gritos após o vigia do local repreender o pai dela, que também estava protestando. Ela suplicava pelo atendimento de seu filho. Nas redes sociais, milhares de pessoas repudiaram a atitude do vigia. Outras se manifestaram contrárias à forma como a mulher protestou. O Sistema Único de Saúde é dotado de vários princípios, sendo o principal o acolhimento e a escuta. Segundo várias testemunhas em sigilo de fonte, é rotina no PAM serem negligenciadas estas premissas.

Por Rodrigo Kohl Ribeiro MTB: 18933 RS

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here