EM MAIS UM BATE-PAPO COM A POPULAÇÃO, RODRIGO JOÃO PIMENTA CONVERSOU SOBRE SAÚDE PÚBLICA

0
32

Pimenta questionou os motivos de Palmas não ter aderido ao programa “Saúde na Hora”,
do governo federal, que amplia os horários de atendimento nas unidades básicas
de saúde e unidades de saúde da família.

O pré-candidato a prefeito de Palmas Rodrigo Kohl Ribeiro (João Pimenta) tem realizado toda segunda-feira uma transmissão ao vivo para conversar com a população sobre as ideias que possam ser incluídas em seu possível plano de governo. Na última segunda, o tema foi Saúde Pública. O que ficou muito evidente foi a capacidade de Pimenta em responder com clareza a todas as questões. Disse que é necessário eficiência técnica, responsabilidade fiscal e principalmente que se tenha um programa de capacitações dos funcionários públicos da Saúde. “O funcionalismo precisa ser capacitado para poder levar o bom atendimento ao povo”, destaca. Ribeiro também apontou a necessidade de se atuar com a atenção primária, gerando o vínculo das equipes de saúde com os usuários do SUS. “Eles precisam conhecer a história de cada usuário e família, para então poder ajudar com mais eficiência”. Também abordou a necessidade de se preocupar com a insalubridade dos profissionais de saúde, principalmente os enfermeiros e técnicos em enfermagem. Além disso, abordou o programa “Saúde na Hora”, do governo federal, que amplia os horários de atendimento nas unidades básicas de saúde e nas unidades de saúde da família. “Isso diminuiria as filas, mas falta capacidade técnica da prefeitura para ir atrás destes recursos”, diz. Falando sobre as gestantes, Rodrigo João Pimenta indagou o porque o município ainda não aderiu ao programa “Mãe Paranaense”. Na próxima segunda-feira, 7 de setembro às 19 horas, o tema será habitação.

Fonte: Jocemar Ferreira da Silva
com informações de Rodrigo Kohl Ribeiro para o jornal Destaque Regional

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here