APÓS SUSPEITAS DE NEGLIGÊNCIA DA SAÚDE PÚBLICA DE PALMAS, FAMÍLIA DA JOVEM QUE MORREU POR AVC APRESENTA DENÚNCIA NA DELEGACIA DE POLÍCIA, POR CRIMES CONTRA A VIDA

0
898

No Boletim de Ocorrências, o relato dá conta de que a jovem procurou o Posto de Saúde do Bairro Santuário dia 21 de Novembro, por volta das 8 da manhã, referindo estar sentindo dores de cabeça. Relata que foi encaminhada para o Posto de Saúde Central onde, à tarde, segundo os relatos, teve convulsões e chegou a cair da cama e urinar na roupa. O Boletim de Ocorrências ainda traz a informação de que funcionários do local falaram que não era tanta dor, que a jovem estaria se fingindo. A família ainda denuncia que a jovem somente foi atendida após informar que pagaria pelo atendimento de forma particular. Informa também que o médico do SUS no hospital foi irônico com o problema da jovem, alegando que a mesma seria atendida pelo SUS e não particular. Após quatro dias na UTI, a jovem veio a falecer. A família representou contra a Saúde Pública de Palmas, bem como ao atendimento público do Hospital de Palmas.

Fonte: Jornal Tribuna Livre do Sul

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here