Novo mutirão de combate à dengue é realizado em Pato Branco

0
8

Ação aconteceu no sábado (14) e envolveu 11 bairros da cidade

Com o objetivo de minimizar a proliferação do mosquito Aedes aegypti, a Prefeitura de Pato Branco, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, Secretaria Municipal de Meio Ambiente e a Secretaria Municipal de Educação e Cultura promoveu, no sábado (14), mais um mutirão de combate à dengue. A ação contou com diversas equipes de trabalho, distribuídas em 11 bairros: Centro, Jardim Floresta (Santa Fé), Pinheirinho, Menino Deus, La Salle, Sudoeste, Santo Antônio, Planalto (Paulo Afonso), Dal Ross e Santa Terezinha, além da comunidade de São Roque do Chopim.

Com o apoio de representantes da União de Bairros e entidades, os voluntários orientaram os moradores, distribuíram material informativo, fizeram blitz em semáforos do Centro, bem como, os agentes de endemia realizaram fiscalização. Também, para maior eficiência, foram disponibilizados cerca de 30 brucks, que recolheram mais de 90 toneladas de materiais com possíveis criadouros do mosquito transmissor da dengue, zyka e chikungunya.

A secretária municipal de Saúde, Márcia Fernandes de Carvalho, salientou que ação teve o objetivo de conscientizar a população, visto que o número de registros de dengue em Pato Branco tem aumentado consideravelmente no município. “Precisamos que a comunidade se conscientize e faça a sua parte. Temos muitos locais propícios a proliferação do mosquito, casos calamitosos, de acumuladores de lixo e, a única maneira de mudarmos essa situação é com a mobilização da sociedade”, comentou.

Segundo a secretária, ainda acontecerá uma nova ação no dia 11 de abril, para contemplar todos os bairros de Pato Branco. Até o momento, 35 receberam o mutirão. “São ações simples, como fazer uma varredura em casa e acabar com os recipientes com água parada”, ressaltou Márcia, lembrando que os brucks ficarão disponíveis para a população descartar os possíveis criadouros do mosquito até maio e, se preciso for, a prefeitura deixará por mais tempo.

A estudante de Medicina, Ana Lígia Scotti Alérico, foi voluntária da ação e salientou a importância da atividade. “É fundamental a prevenção devido às complicações decorrentes da dengue. Fazer parte deste projeto junto com a prefeitura é exercer o nosso papel de cidadão”, apontou.

A moradora do bairro Jardim Floresta, Francieli da Silva, recebeu a visita das equipes da Saúde em sua residência. “Considero de extrema relevância todas as ações que estão sendo realizadas pela municipalidade. As pessoas não têm noção do quanto é sério e deixam cair na rotina, sem se preocupar em fazer pequenas mudanças nos seus hábitos. Além disso, ainda tem o coronavírus, que veio para confundir ainda mais a população. Temos que fazer a nossa parte e nos prevenir”, frisou.

Fotos: Assessoria de Comunicação Prefeitura Municipal de Pato Branco/Rodinei Santos

Departamento de Imprensa do Município de Pato Branco

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here