COMO NEGOCIAR MINHAS DÍVIDAS?

0
20

O Brasil é um dos países com o maior número de inadimplentes da América Latina. De dezembro de 2018 para janeiro de 2019, o percentual de famílias brasileiras com algum tipo de dívida subiu de 59,8% para 60,1%. E, nesse ano, janeiro de 2019 a janeiro de 2020 obteve-se uma leve queda.

O desemprego tem sido a maior causa da inadimplência. Mas, temos que contar aqui, também, com o arrocho do Governo Federal ocasionado principalmente por seu défice fiscal. O cinto apertou para todo mundo. Se o Brasil recebe menos do que gasta, é óbvio que o brasileiro não está financeiramente bem.

Nós que estamos aqui escrevendo e nós que estamos lendo e que ainda não entramos na estatística dos inadimplentes, dos que não conseguem pagar suas contas, temos que aprender a economizar? Vamos mudar alguns hábitos para não passar o mês no vermelho.

Mas, se já estamos no vermelho vamos correr atrás. Essa situação além de criar problemas no crédito, na nossa vida do dia a dia, nos envolve numa “bola de neve” financeira cada vez maior; à nossa dívida todo dia são acrescidos juros, correção monetária, e encargos. Com o passar do tempo, ter dívidas pode interferir na realização de sonhos e até mesmo nas compras de todo dia, nossa alimentação. Por isso, saber o quanto você deve e tentar descongelar seu orçamento, o mais rápido possível, é o indicado para sair do aperto e poder quitar os débitos. Mas como descongelar o orçamento? Uma das maneiras é negociar as dívidas. Então confira como se preparar para fazer isso de forma que a situação seja resolvida sem pesar mais em seu bolso.

Se Você tem alguma pendência na Sicoob Valcredi Sul, não vamos nos acanhar. Vamos até ela. Lembrar sempre que antes de entrar em contato com o credor, devemos analisar nossa situação financeira e definir o quanto podemos gastar por mês para quitar a dívida; propor uma negociação. Afinal, o objetivo é conseguir se livrar do problema, e não adquirir outro, que, se não for cumprido, pode até dificultar uma nova renegociação.

Além da quantia que estiver disposto a pagar mensalmente, defina uma proposta realista: tente pesquisar e preestabelecer as condições, a taxa de juros e o prazo que mais se adequam à sua realidade.

Assim, mesmo que o credor ofereça uma contraproposta ou que as condições não fiquem exatamente como o planejado, vamos estar preparados, o que nos dá mais garantia de que o acordo será benéfico para ambas as partes: Associado e Cooperativa.

Vamos lembrar que os Colaboradores da Valcredi Sul, estão preparados para receber o inadimplente, com educação, com respeito, com conversas e falas adequadas ao momento. Vamos até a Valcredi Sul, acertemos nosso negócio e votemos para casa com nosso bolso e cabeça aliviados.

A Valcredi Sul é uma cooperativa da comunidade;

A Valcredi Sul é uma cooperativa do bem.

Fonte:Antonio Abilio Mantovani

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here