Áreas de aplicação da Equoterapia:

0
84
  • saúde, na reabilitação de pessoas com deficiência física e/ou mental (PCD);
  • educação, para pessoas com necessidades educativas especiais (PNE) e outros;
  • social, para pessoas com distúrbios evolutivos ou comportamentais;

Programas básicos de Equoterapia:

  • Hipoterapia:
    Voltado para as pessoas com deficiência física e/ou mental;
    Neste caso o praticante não tem condições físicas e/ou mentais para se manter sozinho a cavalo. Não pratica equitação.
  • Programa educação/reeducação:
    Pode ser aplicado tanto na área de reabilitação quanto na de educação/reeducação.
    Neste caso o praticante tem condições de exercer alguma atuação sobre o cavalo e pode até conduzi-lo, dependendo em menor grau do auxiliar-guia e do auxiliar lateral.
    O cavalo atua como agente pedagógico.
  • Programa pré-esportivo:
    Também pode ser aplicado nas áreas de reabilitação ou educativa.
    O praticante tem boas condições para atuar e conduzir o cavalo e, embora não pratique equitação, pode participar de pequenos exercícios específicos de hipismo, programado pela equipe.
    O cavalo é utilizado principalmente como agente de inserção social.
  • Programa prática esportiva para equestre:
    Tem como finalidade preparar a pessoa com deficiência para competições paraequestres.
    O praticante deve ter boas condições para estar a cavalo, já podendo participar de festivais de Equoterapia e hipismo adaptado.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here